Press "Enter" to skip to content

Ainda vale a pena gastar seu dinheiro com TV por assinatura?

Na última semana fomos surpreendidos (ou não) com a notícia de que os canais Esporte Interativo estavam saindo do ar.

Mais de 200 profissionais demitidos e o prejuízo ficando maior ainda para o telespectador, que perde mais uma opção para acompanhar seus programas esportivos na TV.

Afinal, existem aqueles que torcem por times menores do nordeste ou então por equipes que jogam na série C e D do Campeonato Brasileiro. Campeonato este que é totalmente desprezado pelas maiores redes e era exibido pelos canais em questão.

Eu nunca gostei da programação do Esporte Interativo, muito menos de alguns profissionais que atuam (ou atuavam) por lá. Só acessava o canal quando tinha jogos da Champions League por pura falta de opção. Mesmo assim tenho noção da grande perda que isto significa para o consumidor.

São três canais esportivos a menos no seu pacote de TV por assinatura.

Você recebeu algum desconto por isso?

Provavelmente não. O valor do seu pacote continua o mesmo. Agora, experimenta fazer o contrário, incluir alguns canais na sua assinatura?

TV por assinatura
Assistir séries? Netflix é hoje uma das melhores opções…

Canais forçando barra

Neste final de semana tivemos o início do Campeonato Espanhol, que é vendido como o melhor campeonato do mundo apenas porque tem Messi no Barcelona. Mas, tem gente que gosta e eu respeito.

Qual foi a estratégia da Fox, que é uma das emissoras com direito de transmissão para tentar aumentar a base dos assinantes do canal Fox Premium?

Isso mesmo que você pensou! Vamos transmitir os jogos do Campeonato Espanhol no Fox Premium!

Assim como já tinha feito com algumas séries importantes e de sucesso, a Fox quer que os clientes paguem mais R$24,90 para assistir aos jogos.

Tiro no pé? Provavelmente.

Depois reclamam da base de assinantes que só diminui a cada mês. Reclamam também dos meios alternativos que muitos buscam para acompanhar os jogos e outras programações.

A qualidade na TV por Assinatura só cai, principalmente para quem acompanha esportes

Os canais esportivos, geralmente são oferecidos nos pacotes mais caros. Mas isso não quer dizer que você terá uma boa variedade.

Só nesta segunda metade de 2018, as emissoras estão achando muito caras as pedidas das Federações para a transmissão de alguns campeonatos. Até a publicação deste post (19/08/18), não existe transmissão no Brasil para:

  • Campeonato Francês
  • Campeonato Italiano
  • F.A. Cup (Copa da Inglaterra)

A ESPN já não é mais a mesma de antigamente. Vem investindo cada vez mais em programas de debates. Debates estes muitas vezes repetitivos e que parecem popularmente dizendo uma “encheção de linguiça”. De lá pra cá, a emissora já perdeu os direitos de transmissão das seguintes competições:

  • Copa do Brasil
  • Champions League
  • FA Cup
  • Bundesliga

Sinceramente, programa de debates não vai segurar audiência por muito tempo.

Agora, saindo do campo esportivo e indo para outro tipo de programação, filmes e séries por exemplo

Também não dá para deixar de lado o quanto a programação dos canais que transmitem séries e filmes está fraca. Já teve caso em que três canais transmitiam ao mesmo tempo exatamente o mesmo filme. E isso pode acontecer durante várias vezes durante o mesmo mês.

Se formos falar de séries então, a coisa piora. A demora para exibição dos episódios, faz com que a maioria acabe preferindo esperar o Netflix e realizar uma maratona ou então, mais uma vez, apele para métodos alternativos.

Se eu pagaria TV por assinatura para assistir séries? Não.

Hoje, só pago por conta das transmissões da Premier League. Mas sei que isso não vai durar muito tempo. Não compensa pagar quase R$200 de mensalidade, o que resulta em mais que R$2000 por ano para assistir um jogo por semana.

Isso ainda para não dizer que a qualidade das operadoras no Brasil é uma lástima. Demora no atendimento, cobranças indevidas, instalações mal feitas, qualidade de imagem ruim. Uma simples busca em sites como o Reclame Aqui retorna uma série de problemas sérios. A grande maioria delas por problemas como os descritos acima.

Concluindo

De quem é a culpa pela baixa audiência?

De quem é a culpa por cada vez menos assinantes da base?

Ainda vale pagar para assistir TV?

Estou cada vez mais certa de que não. Não vale.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *