Press "Enter" to skip to content

Precisamos mesmo de 22 episódios?

Eu sou uma viciada em séries. Acompanho mais do que poderia acompanhar. Minha lista no Netflix só aumenta e está longe de ser concluída. Mas acredito que todo mundo que curte seriados de televisão é um pouco assim.

Mas, se tem uma coisa que me incomoda demais são produções com 22 episódios. Eu acho totalmente desnecessário.

Sei que uma série de fatores pode influir nesta decisão dos produtores. Dinheiro provavelmente é a maior deles. Ainda mais como uma série faz sucesso e tem uma audiência no público-alvo bem alta.

Veja Lucifer, por exemplo.

A primeira temporada teve 13 episódios. Quantidade esta que acho perfeita para uma série de TV. Dá para desenvolver bem a trama, sem a necessidade de “fillers” inúteis que só servem mesmo para as emissoras ganharem mais dinheiro e gastarem nosso tempo.

Veio a segunda temporada e ganhamos agora 18 episódios. Só que parece que eles não estavam tão felizes e nos presentearam na terceira temporada com VINTE E SEIS EPISÓDIOS.

Preciso dizer que foi a temporada mais fraca? Mais sem graça? Mas Lucifer tem uma legião de fãs que até salvou a série do cancelamento. Agora produzida pela Netflix, espero imensamente que a nova temporada tenha apenas 13 episódios novamente.

Outra coisa que vem me incomodando demais são as chamadas minisséries que estão ganhando continuações por conta do sucesso na exibição “original”.

Aconteceu com “Big Little Lies”, “The Handmaid’s Tale” e o maior fiasco de todos, “13 Reasons Why”.

Talvez por isso eu tenho assistido cada vez mais séries britânicas. Na sua grande maioria não passam de seis episódios por temporada. Chegam no máximo a 10.

Se você, assim como eu, está de saco cheio de séries longas, vou deixar algumas dicas de séries da Terra da Rainha, com no máximo 10 episódios por temporada. Dá para maratonar rapidinho e sem perder o tempo com fillers inúteis como os das produções americanas.

The Inbetweeners (Três temporadas com seis episódios cada, disponível na Netflix)

Além das três temporadas, também foram lançados dois filmes, que na verdade funcionam como episódios estendidos. The Inbetweeners (2011) e The Inbetweeners 2 (2014)

Peep Show (Sete temporadas com seis episódios cada, disponível na Netflix)

Fresh Meat (Três temporadas com oito episódios cada e uma com seis episódios, disponível na Netflix)

Vale dizer também que estas comédias são indicadas para quem curte o “humor inglês”. Apesar de premiadas, não é todo mundo que é muito fã do gênero. Mas elas são a prova de que não existe necessidade de se produzirem temporadas enormes para contar boas histórias.

Depois cancelam produções do nada, alegando falta de audiência. Nem é difícil entender o motivo.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *